0
Por favor log in ou registrar gosto de posts.


Crescemos aprendendo e imitando os costumes e hábitos de nossos pais, avós e parentes próximos. Desde a infância já sabemos que antes de um bebê vir ao mundo, se for uma menina, roupas cor-de-rosa serão preparadas para ela, e quando ela nascer, suas orelhas serão furadas para colocar brincos. No caso de ser menino, estará vestido de azul claro. Por outro lado, se um casal decidir se casar, a noiva usará um anel de noivado marcante. Mas o mundo está em constante mudança e evolução, por isso é necessário que alguns de nossos costumes e hábitos também o façam.

Em O lado bom Recolhemos opiniões publicadas em fóruns para apresentar uma compilação de costumes e hábitos de gerações anteriores a quem acreditamos ser altura de nos despedirmos.

1. Use os ingredientes “olho” e exagere na gordura ao cozinhar

Cozinhar sem medir ingredientes, acrescentando uma boa quantidade de azeite e uma pitada de sal, como nossas avós costumavam nos ensinar, funciona em programas de TV, mas pode contribuir para o excesso de calorias no cardápio. Especialmente se for gordura, manteiga ou óleo, especialistas recomendamos o uso de copos e colheres medidoras ao preparar receitas.

2. Trabalhe a vida inteira em um só lugar

Algumas pessoas se encontram em uma zona de conforto no trabalho, acostumadas a uma rotina monótona, onde já sabem tudo e não há surpresas ou novos desafios para motivá-las. Eles têm medo de mudar, de se aventurar em algo desconhecido. Eles têm medo de arriscar e ir embora, mesmo que não estejam satisfeitos com as condições, o ambiente de trabalho e o salário.

  • Tenho um amigo de 48 anos que é assistente do diretor de impostos da administração da minha cidade. Ele tem muitas responsabilidades e uma jornada de trabalho que sempre se estende além de seu horário habitual. No entanto, seu salário é escasso e, às vezes, ele até leva trabalho para casa. Ele completou sua formação universitária com muito esforço, e isso não é reconhecido. Ela trabalha no mesmo local há 22 anos e sempre reclama da falta de reconhecimento, mas não consegue procurar outro emprego. Ficar no mesmo emprego a vida toda é de outro século. @Juan-Dandy / Reddit

3. Usando grandes quantidades de plástico e papel

Tentar reduzir a quantidade de plástico e papel que usamos é um compromisso desta geração, que vai além de um hábito ou de um conceito estético. Por exemplo, substituir o papel de embrulho por retalhos de pano ou papel reutilizável é algo cada vez mais comum, pois busca apostar na criatividade, deixando uma marca no cuidado com o meio ambiente.

4. Vista os bebês de uma determinada cor de acordo com o sexo de nascimento

As normas culturais indicam que se o feto for menino, a cor predominante será azul claro e rosa se for menina. Você já imaginou Por quê isso é assim?
No início do século 20, os pais vestiam meninas e meninos de branco durante seus primeiros anos de vida. Com o advento de poder descobrir o sexo do bebê mais cedo, os fabricantes de roupas descobriram que venderiam muito mais se desenvolvessem guias de cores e desenhos diferentes para meninas e meninos desde bebês. Assim, os pais tinham que comprar roupas novas de acordo com o sexo de seu pequeno a caminho.

5. Anuncie o casamento com um anel de noivado caro

Quando um casal decide unir-se em casamento, de acordo com o tradição, o noivo deve dar à noiva um anel vistoso que ela usará na mão esquerda como símbolo de compromisso. Isso remonta à Roma Antiga, quando se acreditava que nesse dedo nascia uma veia que chegava ao coração: a veia amar. Assim, o anel de noivado prendeu o amor próximo à palma da mão para que não pudesse escapar pela ponta dos dedos, “forçando-o” a atravessar todo o corpo até o coração, ficando sempre ligado a esse órgão vital. Comparado com a promessa de amor e respeito mútuo, a realidade é que o material ou as pedras do anel de noivado não importam.

  • Eu realmente não sei de onde vem ou quais são os detalhes, porque já ouvi muitas versões diferentes, mas esqueça a “tradição” de que um anel de noivado deve custar X (10 semanas, 20 semanas) de salário. @Cherrycherry17 / Reddit

6. Consuma muito açúcar

Doces e guloseimas fazem parte da dieta habitual de muitas pessoas. Quando criança, você se lembra de receber doces premiados se se comportasse bem? Com o tempo, estes foram incorporados à nossa dieta. O problema é que o excesso de açúcar tem efeitos prejudiciais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) associados o excesso de açúcar com o aumento da incidência de obesidade e diabetes tipo 2 em todo o mundo, além de cárie dentária, hipertensão e até alguns casos de câncer. É hora de tentar modificar isso para ter uma vida mais saudável.

7. Leve uma vida sedentária

Ficar muito tempo sentado, seja para lazer ou trabalho, pode gerar ganho de peso, dores musculares, problemas de circulação, entre outros. A partir de acordo Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 60% da população mundial não realiza atividade física suficiente, o que é chamado de sedentarismo. Essas pessoas assistem mais televisão, praticam menos exercícios físicos e tendem a comer mais alimentos de pior qualidade.
Assim, incluir a prática de exercício físico de forma regular na nossa rotina (mínimo de 30 minutos por dia) é de vital importância, principalmente na infância. UMA estude recentemente publicado em Neurobiologia do Envelhecimento sugere que isso pode alterar a estrutura e a função do cérebro, ajudando a mantê-lo saudável.

8. Não se proteger do sol

Usar uma pele bronzeada está na moda, mas pode ter consequências perigosas. O exposição A exposição ao sol em horários inadequados causa envelhecimento precoce, alergias, problemas oculares e queimaduras, além de aumentar o risco de desenvolver câncer de pele.
Desde a Base para pele saudável da Academia Espanhola de Dermatologia e Venereologia confirmam que isso poderia ser evitado conscientizando desde a infância sobre a importância de cuidar de si, pois a exposição inadequada ao sol causa danos cumulativos e duradouros à pele.

9. Não ter o hábito de beber água

Dependendo da fase da vida, estima que 65% do peso corporal é água, sendo o nutriente mais importante para a saúde. Por algum motivo, antes, o hábito de prestar atenção à hidratação não era incutido. A falta de Água no corpo diminui o metabolismo, e isso tem consequências para todas as funções corporais. Portanto, adotar gradativamente o hábito de beber entre 2 e 2,5 litros por dia, dependendo da temperatura, pode nos trazer inúmeros benefícios.

10. Consumir muitos refrigerantes carbonatados

refrigerantes, desenvolvido pela indústria farmacêutica, passaram a ser usados ​​como tônicos para aliviar dores de cabeça e indigestão. Presentes em quase todas as refeições em família, são energéticos e reduzem o apetite, têm algo que pega, dando-nos vontade de beber mais. Porém, estudos Cientistas recentes indicam que seu consumo em grandes quantidades pode ser muito prejudicial à saúde, principalmente em crianças, causando dores de cabeça, ansiedade, dificuldades para dormir, entre outros. Trata-se de conseguir mudar o hábito do seu consumo e substituir esta bebida por, por exemplo, água com rodelas de limão ou pepino.

11. Esteja ciente do uso da água

De acordo com um estude, a América Latina é a região com maior disponibilidade hídrica do mundo, com 33% dos recursos hídricos renováveis ​​do mundo. Seus 3.100 m³ de água per capita por ano são o dobro da média mundial. Embora sempre tenha sido conhecido como um recurso renovável, há uma má gestão na gestão e conservação da água, pois, em média, 40% é perdido devido a vazamentos e sistemas de esgoto precários. A população mundial está aumentando, e é importante estar atento e tentar reduzir seu consumo, por exemplo, consertando vazamentos ou fechando a torneira enquanto lava as mãos.

12. Coma enquanto assiste TV

A hora da refeição é uma oportunidade para aproveitar e compartilhar com a família. Estudos mostraram que se enquanto comemos fazemos outras atividades, como assistir TV ou ler, o cérebro não registra as quantidades, então tendemos a consumir mais e, assim, ganhar peso.
Esse hábito pode ter consequências relevantes, principalmente em crianças, pois seu cérebro é mentalizado ao ver o televisão e não reconhece o sinal de que a pessoa comeu o suficiente. Isso pode fazer com que você coma mais do que precisa.

13. Deixe novos itens para usar em uma ocasião “especial”

A geração mais velha ainda é muito austera, tentando manter as coisas novas e bonitas para ocasiões excepcionais. Isso se aplica a roupas, bem como a eletrodomésticos ou utensílios. E por anos, louças elegantes ficam em armários, enquanto pais e avós bebem chá em xícaras velhas e quebradas.

  • Minha mãe guarda toalhas novas e panos de prato para “ocasiões especiais” que nunca chegam. @Florzinha_Moore/ Reddit

Que outros costumes da geração anterior você acha que é hora de abandonar? Nós queremos saber a sua opinião!



Source link

10 fatos a ter em mente ao usar aparelhos auditivos (e como cuidar de sua saúde ao fazê-lo) / Ótimo
19 vezes agindo sem pensar ficou com as bochechas vermelhas de vergonha/legal

Reactions

0
0
0
0
0
0
Já reagiu para este post.

Eu curti

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *